MST interdita Rodovia PB-361 na manhã desta quinta-feira em Diamante; protestos seguem em todo o país

11/07/2013 16:32
Os recentes protestos em todo o país têm levado para as ruas uma gama variada de pautas e manifestantes. Nesta quinta-feira (11), as manifestações acontecem em todo o país. Em Diamante desde as 5h da manhã, o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), também aderiram aos protestos.
 
Inicialmente, os manifestantes interditaram a Rodovia PB-361 de forma pacífica, os veículos eram impedidos de transitarem por um curto período de tempo. Com a chegada da Polícia Militar, o representante do MST no Vale do Piancó, Alessandro Alves da Silva, acordou em liberar a Rodovia, más seguiriam para a Prefeitura da cidade, em caminhada pelas ruas da cidade.
Conforme o Capitão Kleber comandante do CPU do 13º BPM, a manifestação aconteceu de forma pacífica e ordeira.
Em caminhada pelo centro da cidade, os manifestantes davam os gritos de guerra do Movimento.

Já na prefeitura, grande parte do policiamento do 13º BPM de Itaporanga fez o isolamento do prédio público para evitar prejuízos ao município. A operação estava sob o comando do Major Jurandy Pereira.

O Movimento pedia uma Audiência com a Prefeita, mas como ela se encontra em Brasília, seu irmão, Marcílio Guimarães se comprometeu e marcou para a próxima semana a Audiência. Após o acordo, os manifestantes de se dispersaram.

Nas manifestações, estiveram reunidos dois assentamentos, o Lampião e o Dedé Martilo. O objetivo é pressionar o governo a atender demandas que beneficiem os trabalhadores. O CTB esteve presente durante as manifestações na cidade.

Brasil - A plataforma unitária das centrais e do MST inclui pontos como aumento dos investimentos públicos em educação, saúde e transportes; redução da jornada de trabalho para 40 horas semanais sem redução dos salários; cancelamento dos leilões do petróleo; realização da reforma agrária e o fim do fator previdenciário.
 
Fonte: DiamanteOnline