Governador diz que coletorias foram fechadas porque estavam dando prejuízo ao Estado

06/08/2013 16:29

foto261O governador Ricardo Coutinho disse durante o programa institucional Fala, governador! dessa segunda-feira, 5, que fechou as coletorias de Conceição, Piancó e mais 23 em toda a Paraíba porque elas estavam dando prejuízo ao estado. “Não foi por perseguição a ninguém, foi em benefício da população”, enfatizou.

Este benefício que o governador se refere diz respeito à proteção ao dinheiro público, já que, segundo Coutinho, as unidades fiscais estavam servindo, apenas, para empregar pessoas em cargos comissionados. Mas, com a mudança na estrutura da Receita, “a Paraíba irá economizar, por ano, R$ 2 milhões”, observou o governador, ao revelar, também, que as coletorias representavam menos de 2% de todo o ICMS arrecadado pelo Fisco estadual, conforme apurou a Folha (www.folhadovali.com.br).

O chefe do executivo lembrou que a população dos municípios não serão prejudicados, uma vez que, de acordo com ele, os serviços fiscais antes prestados pelas coletorias estão disponíveis na internet.

No entanto, a decisão de fechar as coletorias regionais não foi bem recebida pela população e lideranças políticas e comunitárias, produzindo mais um desgaste político ao governador.

Mudança na Receita regional – Com o fechamento das coletorias de Conceição e Piancó, esses municípios ficarão subordinados à Circunscrição Fiscal de Itaporanga, que pertence a 4ª Gerência Regional, com sede em Patos, e compreende ainda as cidades de Aguiar, Boa Ventura, Curral Velho, Diamante, Igaracy, Ibiara, Nova Olinda, Olho d’Água, Pedra Branca, Santana dos Garrotes, Santa Inês, Santana de Mangueira, São José de Caiana e Serra Grande.

Fonte: Folha do Vale