Concurso da Polícia Federal para área de apoio tem 566 vagas. 2º e 3º graus

27/07/2013 13:37
Se você tem, pelo menos, o nível médio, pretende fazer concurso e deseja trabalhar na área administrativa, uma boa oportunidade será o concurso para agente administrativo da Polícia Federal.
Se você tem, pelo menos, o nível médio, pretende fazer concurso e deseja trabalhar na área administrativa, uma boa oportunidade será o concurso para agente administrativo da Polícia Federal. Uma seleção para 534 vagas já foi autorizada pelo Ministério do Planejamento, e a previsão é de que o edital seja divulgado no final de agosto.
 
A remuneração de R$3.689,77 (incluindo R373 de auxílio-alimentação) e a contratação pelo regime estatutário (garantia de estabilidade) são dois outros atrativos desta seleção.
 
Além das 534 vagas de agente administrativo, a corporação vai preencher também outras 32 em cargos de nível superior, assim distribuídas: 1 para engenheiro, sete para assistente social, cinco para contador, quatro para administrador, três para psicólogo e duas para arquivista.
 
Para esses, os iniciais são de R$5.454,18 (engenheiro) ou R$4.412,3 (demais), também com o auxílio.Para quem acha que não dá mais tempo para estudar, a especialista em concursos Rosângela Cardoso destaca que aqueles que iniciarem a preparação agora ainda têm grandes chances de conseguir uma vaga.
 
"Como o edital só deve sair no final de agosto, é possível sim fazer ainda uma boa preparação para o concurso. O interessado deve pensar que haverá, após a publicação das regras da seleção, mais dois meses até a aplicação da prova. Já conheci diversas pessoas que iniciaram os estudos um pouco mais tarde, mas com dedicação e esforço conseguiram suas vagas", destacou.
 
É importante também destacar que os cortes no orçamento da União não afetam a realização deste concurso da PF, pois ele já foi autorizado pelo Ministério do Planejamento. Segundo a titular da pasta, ministra Miriam Belchior, apenas nomeações de aprovados e novas seleções é que passarão por uma análise mais rigorosa do governo.
 
De acordo com informações da Coordenação de Recrutamento e Seleção (Corec) da PF, o edital de abertura do concurso poderá ser divulgado logo após o resultado provisório do processo de remoção interna de servidores, previsto para até o dia 24 do próximo mês. Caso isso se confirme, as provas deverão ser aplicadas, no máximo, em novembro.
 
A organizadora do concurso deverá ser anunciada muito em breve. Na última seleção, realizada em 2004, a seleção ficou a cargo do Cespe/UnB. Na época, os candidatos foram avaliados por meio de provas objetivas com questões de Português, Informática, Atualidades e Conhecimentos e Específicos.
 
Da Redação com Folha Dirigida