Chuvas fazem com que 5 açudes sangrem na Paraíba

23/07/2013 11:46
Chuvas fazem com que 5 açudes sangrem na Paraíba; ConfiraO setor de monitoramento e hidrometria da Aesa (Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba) constatou que neste mês os maiores índices pluviométricos foram registrados em João Pessoa, alcançando 424,9 milímetros, valor que já supera em 79,1% toda a média histórica de julho. Também choveu acima da média em Campina Grande, tendo contabilizados 131,8 milímetros, uma alta de 22,1%.
 
“A tendência é de que estes números subam ainda mais até o final do mês, já que devemos ter novas precipitações, principalmente no Brejo, Agreste e Litoral. No Sertão, a expectativa é de que as chuvas continuem esparsas, dentro da normalidade para esta época do ano”, alertou a meteorologista Marle Bandeira.
 
As chuvas do final de semana também provocaram o sangramento de mais dois reservatórios monitorados pela Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa): o açude São Salvador, localizado na cidade de Sapé, com capacidade para 12,6 milhões de metros cúbicos, e a barragem Jangada, no município de Mamanguape, com 470 mil metros cúbicos.
 
Além destes, outros três reservatórios continuam sangrando: o açude Araçagi, que fica na cidade de mesmo nome e comporta 63 milhões de metros cúbicos; Gramame-Mamuaba, que fica no Conde e tem 57 milhões; e Olho d’água, em Mari, com 868 mil metros cúbicos.
 
O tempo deve permanecer estável e com nebulosidade variável podendo ocorrer chuvas esparsas no litoral paraibano. Nas demais regiões o sol aparece entre nuvens. A temperatura máxima deve chegar aos 33 º C no Sertão e a mínima aos 16ºC no Cariri. A Aesa disponibiliza em sua página na internet (www.aesa.pb.gov.br) um boletim meteorológico que é atualizado a cada 12 horas. No site também é possível acompanhar o nível de todos os reservatórios monitorados pela Agência Estadual.
 
Fonte: folhadosertao com portalcorreio